O Homem que Sabia Demais

Daniel Gélin e James Stewart em O Homem que Sabia Demais

Daniel Gélin e James Stewart em O Homem que Sabia Demais

“O Homem que Sabia Demais” (The Man Who Knew Too Much) é um grande filme de Alfred Hitchcock. Um filme que segue a risca as características de seu diretor. Neste clássico de 1956, que é a refilmagem de um filme de 1934 com o mesmo nome e dirigido pelo mesmo diretor, os protagonistas são James Stewart (velho de guerra de Hitchcock) e Doris Day. O filme tem vários destaques, dentre eles, o Oscar recebido pela bela canção original “Que será, será (Whatever Will Be, Will Be)”, a trilha sonora composta pelo gigante Bernard Hermann (“Cidadão Kane”, “O Terceiro Tiro”, “Um Corpo que Cai”, “Psicose”, “Táxi Driver”), e a sempre ótima atuação de James Stewart.

É sempre um prazer assistir a um filme de Hitchcock. Você sabe que será um filme interessante, com personagens bem montados, bem representados, e que terá cenas belíssimas em diversos pontos da exibição. Destaque para uma cena no Royal Albert Hall, de Londres, que é primorosa, e para Doris Day cantando “Que será, será” ao piano.

O Homem que Sabia Demais (The Man Who Knew Too Much). EUA 1956. 120 min. Direção de Alfred Hitchcock. Com James Stewart, Doris Day, Brenda De Banzie, Bernard Miles, Ralph Truman.

NC: 8     NP:8     IMDB:  http://www.imdb.com/title/tt0049470/

Por: R.Lubisco

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s