Milos Forman

A Difícil Arte de Amar

heartburn

Essa é uma das raras vezes em que o nome de um título no Brasil é melhor do que o original. Lançado em 1986, Heartburn (título original) é um romance auto-biográfico da escritora e roteirista americana Nora Ephron. Ela mesma escreveu o roteiro para o filme sobre amor, casamento, divórcio e filhos.

A minha visão sobre o filme não é ruim, apesar de as qualidades cinematográficas dele serem muito poucas. Mas partindo do princípio que o filme mostra exatamente a história como ela é, acredito que o diretor Mike Nichols realizou um trabalho competente.

É um filme agradável  e com uma ótima atuação da Meryl Streep, que protagoniza o filme ao lado de Jack Nicholson. Há ainda uma pontinha de Kevin Spacey, que realizou seu primeiro trabalho no cinema neste filme.

Os problemas de casamento são bem retratados e mostrados de maneira natural, representados de uma maneira simples pelos atores, com alguns momentos de destaque. Como disse Roger Ebert em sua crítica na época de lançamento do filme, a história poderia talvez não ser tão auto-biográfica e ser mais envolvente em alguns momentos, principalmente o adultério e como o personagem de Jack Nicholson lidava com isso. A visão que temos é em todo o momento da personagem de Meryl.

Sobre o título em português, ele resume todo o filme em apenas uma frase.

heartburn (1)

 

A Difícil Arte de Amar (Heartburn). EUA 1986. 108 min. Direção de Mike Nichols. Roteiro de Nora Ephron. Com Meryl Streep, Jack Nicholson, Jeff Daniels, Maureen Stepleton, Milos Forman, Kevin Spacey.

NC: 5     NP: 6     IMDB: A Difícil Arte de Amar

Por: Ricardo Lubisco

#77 Tenha Fé

photo_10_hires

E aqui está um dos filmes que eu gosto bastante e não me canso de assistir. O típico filme escondido entre as prateleiras de uma locadora que você acaba descobrindo quase sem querer.

É o único filme dirigido pelo ótimo ator Edward Norton, que também protagoniza o longa ao lado de Ben Stiller e Jenna Elfman.

O diferencial dessa comédia romântica, é a história diferente que o filme apresenta, colocando questões religiosas e romance de uma forma sutil e natural. Claro que têm os seus exageros, como toda comédia romântica, mas é um filme que tem um carisma latente em seus protagonistas, que contracenam muito bem.

Outro destaque é a trilha-sonora muito bem escolhida.

As críticas do filme que eu encontrei na internet não são muito boas, a maioria das pessoas não achou o filme interessante, e eu fico imaginando ele passando em um cinema Multiplex em uma sessão lotada de domingo. Tenho certeza que ele agradaria 10% da sala, e essa é uma das razões que faz esse filme ser tão charmoso. Ele não é para qualquer público.

Detalhe para a participação especial do diretor Milos Forman.

keeping_the_faith

Tenha Fé (Keeping The Faith). EUA 2000. 128 min. Direção de Edward Norton. Roteiro de Stuart Blumberg. Com Ben Stiller, Edward Norton, Jenna Elfman, Anne Bancroft, Milos Forman.

NC: 5     NP: 7     IMDB: Tenha Fé

Por: Ricardo Lubisco

O Mundo de Andy

man-on-the-moon-1999-17-g

Um filme especial, com certeza. Todas as vezes que assisto O Mundo de Andy, tenho uma sensação enorme de felicidade e criatividade. Acho que tudo se encaixou muito bem aqui. Direção, atuações, história, trilha-sonora. O modo como foi levado a sério o projeto, muito mais do que um simples projeto, a vida de Andy. Tenho certeza que todos que já assistiram o filme se sentiram um pouco mais próximos de toda a genialidade que circundava esse homem. A sua maneira diferenciada de ver as coisas e não ter receio algum de arriscar tudo.

Milos Forman com uma direção precisa, Jim Carrey fazendo o que de melhor sabe (imitações, representações) e acho que ele caiu como uma luva para o papel, o sempre excelente Paul Giamatti, e o também sempre bom Danny DeVito.

Há tempos queria deixar esse filme registrado aqui no blog. É um filme do qual sinto orgulho em ter assistido, e se você ainda não viu, saiba que uma grande obra o aguarda.

Um ponto negativo, mas que foi usado no filme para pontuar a dramatização acredito, foi a apresentação de Andy no Carnegie Hall. Ela aconteceu 4 anos antes da data apresentada no filme. Quem assistiu o filme, sabe a enorme diferença que essa informação traz.

Que venham sempre bons filmes como esse, grandes mentes como a de Andy, grandes músicas como as do R.E.M ( Man On The Moon e The Great Beyond são trilhas do filme) para fazer a diferença em momentos da nossa vida.

Vencedor de 1 Globo de Ouro na categoria Melhor Ator Comédia/Musical para Jim Carrey em 2000 e 1 Urso de Prata em Berlim, para a direção de Milos Forman.

man_on_the_moonbbbbbb

O Mundo de Andy (Man On The Moon). UK/ALE/JAP/EUA 1999. 118 min. Direção de Milos Forman. Com Jim Carrey, Danny DeVito, Paul Giamatti e Courtney Love.

NC: 9     NP: 10     IMDB: O Mundo de Andy

Por: Ricardo Lubisco