Suzanne Collins

Jogos Vorazes

Still-from-The-Hunger-Gam-008

Jogos Vorazes apenas é um sucesso devido à burrice das pessoas, a eterna mania de se contentar com qualquer coisa moldada para agradar a gregos e troianos, e a inevitável arte do cinema, a qual diferentemente da pintura, leitura, e tantas outras artes, não precisamos de qualquer discernimento e conhecimento prévio, apenas ter um par de olhos e deixá-los parados em frente a uma tela.

Mas calma, não se espantem com o tom revoltado com o qual dei início a este texto. Jogos Vorazes está longe de ser um filme tão ruim assim, mas se sustenta apenas na atuação da ótima Jennifer Lawrence. Todo o resto que vemos na tela, é uma cópia descarada de tudo que já foi visto em Batoru rowaiaru ou Battle Royale, como é mais conhecido esse filme japonês lançado no ano 2000. Bem, não é exatamente uma cópia descarada, pois devido as proporções Hollywoodianas, foram adicionadas pitadas de romance e açúcar. Resumidamente, me parece o enredo de Battle Royale misturado com a baboseira de Crepúsculo. Um forte indicativo disto, são os fãs dos dois filmes. Exatamente iguais.

Apesar de tantos pontos negativos no filme, as atuações de Woody Harrelson, Donald Sutherland, e da Jennifer Lawrence (já citada anteriormente) são muito boas e garantem os melhores momentos do filme. A jovem atriz carrega o filme nas costas com uma atuação respeitável, demonstrando muito talento, e o motivo pelo qual faturou o Oscar desse ano com O Lado Bom da Vida.

Ainda assim, Jogos Vorazes acaba sendo um entretenimento muito barato, focado no público adolescente para fazer rios de dinheiro.

Me senti um pouco pessimista escrevendo este texto, mas acredito que qualquer apreciador de um bom cinema tenha uma opinião parecida com a minha. Como diz a letra de uma música dos Titãs, “a gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte”. Ou seja: não me venha com entretenimento barato, cópia de um filme japonês, e que parece o romance dos vampiros modificado. Me traga algo realmente instigante, um entretenimento leve e divertido, um filme para querer rever, uma ficção utópica. Qualquer coisa que seja original e bem feita. Qualquer idéia, sentimento, ou pensamento único. Mas, por favor, não me faça de panaca com um filme adaptado de um livro para uma faixa etária de 13 à 16 anos, disfarçado de uma ficção surpreendente.

É a triste máquina de Caça-Níqueis trabalhando incessantemente em algum lugar da Califórnia.

hunger_games_ver24

 

Jogos Vorazes (The Hunger Games). EUA 2012. 142 min. Direção de Gary Ross. Roteiro de Gary Ross, Suzanne Collins (romance), Billy Ray. Com Jennifer Lawrence, Stanley Tucci, Josh Hutcherson, Woody Harrelson, Donald Sutherland.

NC: 6     NP: 4     IMDB: Jogos Vorazes

Por: Ricardo Lubisco

Anúncios